Em reunião realizada nesta quarta-feira (16), o deputado federal General Girão entregou, em mãos, ao prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, um documento em que consta todas as emendas individuais impositivas de sua autoria destinadas ao município durante os anos de 2019, 2020 e 2021. As emendas enviadas para Mossoró desde o início do mandato do parlamentar somam R$ 9.009.563,00, em especial, para as áreas de saúde, segurança, infraestrutura e comunicações.

Dos mais de R$ 9 milhões destinados para a capital do Semiárido Potiguar, R$ 4.276.304,00 foram para ações de saúde em serviços de atenção básica e de assistência hospitalar e ambulatorial para atender às necessidades básicas da população. Ainda na área da saúde, foram R$ 150 mil para a Liga Mossoroense contra o Câncer, além de R$ 210 mil para a aquisição de ambulância em atendimento a pedido da comunidade do PA-MAISA e R$ 100 mil para a Associação Macro Amor de Mossoró (AMAM).

Em relação à infraestrutura, o destaque vai para os recursos na ordem de R$ 2,3 milhões para execução das obras de duplicação da Avenida Francisco Mota. Investimentos no valor de R$ 1.038.908,00 também foram destinados, por meio de emenda, para a instalação do Parque Tecnológico da Universidade Federal do Semiárido (UFERSA), em atendimento a um pedido da instituição.

Na área da segurança pública, foi destinada emenda de R$ 1,2 milhão para a implantação de sistema de vídeo monitoramento. Já no que diz respeito às comunicações e o incentivo à conectividade, foram investidos R$ 60 mil para atender as comunidades Vila Nova I e Nova União do PA-MAISA com um ponto de antena para acesso à internet no programa “Wi-Fi Brasil Livre”.

0 visualização0 comentário


“A fogueira tá queimando/em homenagem a São João/o forró já começou/vamos gente, rapapé neste salão”. E é no “chiado” do chinelo e no “choro” da sanfona que o projeto cultural Som sem Plugs – SSP já está nesse clima, nos preparativos para presentear o público com um lindo “Especial Junino Som sem Plugs”. O programa será lançado no dia 24 de junho, com transmissão pelo canal do projeto no YouTube e conta com grandes nomes do forró.

Seja pelo cheiro afetivo e o sabor incomparável das comidas típicas, ou pelas melodias, músicas e danças que não saem da nossa cabeça que o São João é um dos festejos mais comemorados e amados no Brasil. E, o SSP, como grande ferramenta de valorização e propagação da música potiguar para o mundo, não poderia deixar essa data passar despercebida e, entregará ao povo, o melhor desta época ao alcance de um clique.

O “Especial Junino Som sem Plugs” será um programa com exibição através do YouTube com a proposta de celebrar a música e as tradições culturais locais e da região nordeste, por meio de um material audiovisual de alta qualidade, que traz a valorização do patrimônio cultural imaterial e mostra que o forró pé de serra se faz presente e segue forte. A filmagem aconteceu na Casa do Grude, um lugar lindo e repleto de história situado no município de Extremoz/RN.

O projeto reuniu - de maneira responsável, seguindo todos os protocolos de segurança e saúde contra a Covid-19, grandes artistas do forró para celebrar o mais alegre e festivo mês do nordeste brasileiro. A edição destaca neste ano, o músico Zé Hilton do Acordeon, um dos compositores de relevância da linha de frente do forró nacional. Na Usina de Hits, divide autorias com seus parceiros de sucessos como “Tentativas em Vão”, “O que tem que ser será”, “Escravo do amor”, entre outras. Tocou com nomes como Dominguinhos, Xangai, Elino Julião, Nando Cordel, possui mais de 400 músicas e já marcou presença em importantes palcos dentro e fora do país.

0 visualização0 comentário


Com financiamento a partir da Lei Aldir Blanc, o filme potiguar "Sideral" foi indicado para concorrer à Palma de Ouro no Festival de Cannes, um dos mais importantes do mundo do cinema. Em pronunciamento na sessão desta quinta-feira (17) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, a deputada estadual Isolda Dantas, líder do PT na Casa, parabenizou a equipe envolvida no projeto e disse que o fato comprova a importância do apoio do poder público por meio de leis de incentivo para o setor cultural brasileiro.


"É possível fazer cinema de qualidade no Estado, no Brasil e na América Latina e ser reconhecido em um dos maiores festivais do planeta. Demonstra a qualidade e capacidade do nosso cinema e, como disse o nosso presidente da Fundação José Augusto (FJA), Crispiniano Neto, prova que 'caro é a ignorância'. O áudio visual do RN nos enche de orgulho", disse a parlamentar.


O curta metragem foi escrito e dirigido por Carlos Segundo e produzido por Mariana Hardi e Pedro Fiuza, da Casa da Praia Filmes. "Sideral" é o primeiro filme potiguar a integrar a seleção oficial do Festival de Cannes. A obra é uma ficção que se desenvolve no futuro, em torno do histórico dia do lançamento do primeiro foguete tripulado brasileiro na base aérea de Natal. É um filme com equipe e elenco de profissionais potiguares, estrelado por Priscilla Vilela e Enio Cavalcante.

0 visualização0 comentário
1
2