Buscar

Morre, aos 89 anos, a cantora Angela Maria

A cantora Angela Maria, de 89 anos, morreu, na noite deste sábado, após 34 dias internada num hospital particular de São Paulo. A causa da morte ainda não foi divulgada. O velório está marcado para este domingo, a partir das 10h, no Cemitério Congonhas, em Vila Sofia, São Paulo. Angela foi uma das cantoras mais famosas do Brasil nos anos 1950 e 1960. Ela tinha 70 anos de carreira. O empresário da artista, Thiago Marques Luiz, postou, em sua página do Facebook, uma foto ao lado dela e escreveu sobre sua importância no mundo da música: "Com o maior pesar do mundo informo a todos vocês que a maior cantora do Brasil, a nossa Rainha Angela Maria, não está mais entre nós. Foram 89 anos de vida e q

CONSULT: Styvenson tem 27,29%, Garibaldi 20,94% e Zenaide 17,29% para o Senado

O capitão Styvenson Valentim (REDE) seria eleito senador pelo Rio Grande do Norte se a eleição fosse hoje com 27,29% das preferências, segundo pesquisa Consult. A segunda vaga seria disputada por Garibaldi Filho (MDB) e Zenaide Maia (PHS), que estão em empate técnico com 20,94% e 17,29%, respectivamente. Depois deles, Gerlado Melo (PSDB) tem 14,42%, Jácome (PODE) marca 6,18%, Magnólia (SD) tem 3,59% e Alexandre Motta (PT) marca 1,65%. Os demais não pontuaram acima de um ponto percentual. Os entrevistados que não souberam ou não quiseram responder são 49,12% e 57,3% afirmam que não votarão em ninguém. Importante ressaltar que no cenário de soma total de votos, o percentual considerado como o

CONSULT: Fátima tem 32%, Carlos Eduardo 17,65% e Robinson 10,53%

A senadora Fátima Bezerra (PT) lidera a corrida pelo Governo do Estado com 32% de intenções de votos, no cenário estimulado, ou seja, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados. Nesse cenário, o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), marcou 17,65% e o atual governador, Robinson Faria (PSD), tem 10,53%. Brenno Queiroga (SD) tem 1,18% e os demais não pontuaram acima de um ponto percentual. 14,88% não souberam ou não quiseram responder e 22,65% afirmam que não votarão em ninguém. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Consult entre os dias 4 e 7 de setembro em todas as 12 regiões do Estado. Foram feitas 1.700 entrevistas, com margem de erro de 2,3% e índice de

Bolsonaro chega aos 30% e lidera isolado em 1ª pesquisa pós-atentado

A primeira pesquisa realizada após o atentado sofrido por Jair Bolsonaro (PSL) e com mais de uma semana após o início do horário eleitoral mostrou que o candidato do PSL teve um forte aumento nas intenções de voto, tanto no cenário espontâneo quanto estimulado. Enquanto isso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que teve a sua candidatura barrada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na madrugada do último dia 1, despencou nas intenções de voto no cenário espontâneo. É o que mostra a mais recente pesquisa FSB/BTG Pactual, divulgada nesta segunda-feira (10) e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-01522/2018. O levantamento foi realizado entre os dias 8 e