Buscar
  • agenciamade

DILMA ROUSSEFF NÃO É MAIS PRESIDENTE DO BRASIL


O Senado aprovou ontem o impeachment de Dilma. Foram 61 votos a favor, sete a mais do que os 54 necessários, e 20 contrários. Todos os 81 senadores estiveram presentes; nenhum se absteve. Com o resultado, Dilma é afastada definitivamente da Presidência um ano e oito meses depois de assumir seu segundo mandato. Eleito vice na chapa da petista em 2014, Temer deixa de ser interino e assume definitivamente o cargo até o fim de 2018. Apesar de aprovar o impeachment, o Senado manteve os direitos políticos de Dilma. Foram 42 votos a favor da inabilitação da petista, 36 contrários e três abstenções. Para que ela perdesse os direitos, também eram necessários 54 votos. A posse de Temer como presidente aconteceu ontem mesmo, às 16h, no Senado.


0 visualização