Buscar
  • agenciamade

O Porto Franco com os olhos de Francisco Rodrigues


Está nas providências finais o livro “Porto Franco”, do escritor areia-branquense Francisco Rodrigues. É o sétimo de sua lavra. Outra vez, pela Editora Sarau das Letras. “Narro a importância de Porto Franco, que fez de Areia Branca o sexto porto do Brasil em volume de carga. Eu até desprezo a identificação do ‘rio Mossoró’ ou ‘rio Ivipanim, como o bairrismos areia-branquense propaga, para localizá-lo na maré”, comenta o escritor. “Admito que contrario Câmara Cascudo e Francisco Fausto, dois consagrados escritores”, conta Francisco Rodrigues. A partir daí, diz ele, há leque de crônicas e artigos que descrevem a vida em torno do Porto Franco, “as salinas em sua fase artesanal, a linha férrea de Mossoró até esse local”, com transporte de cargas e gente.


2 visualizações