Buscar
  • agenciamade

PRODUTORES DE CAJU DE SERRA DO MEL VÃO TER O QUE COMEMORAR ESTE ANO


Depois de seis anos seguidos enfrentando seca e perdas, os cajucultores de Serra do Mel têm muito o que comemorar. Quem investiu na substituição dos cajueiros gigantes pelo anão-precoce está conseguindo produzir. A colheita já começou e a expectativa para este ano é de uma boa safra. Aos poucos, a paisagem dos cajueiros dizimados pela seca prolongada vai ficando para trás. Nesse início de safra, a caixa com 20 quilos de caju, sem a castanha, é vendida, em média, a R$17. A produção vai para indústrias de polpa e suco, além de abastecer os mercados da região. Na cajucultura, a castanha ganha atenção especial atualmente, o quilo chega a custar até R$ 8. Muitos produtores estocam as amêndoas pra garantir maior lucro ao longo do ano.


1 visualização