Buscar
  • agenciamade

MINISTROS BATEM BOCA E CLIMA FICA TENSO NO SUPREMO


Os ministros Gilmar Mendes e Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, protagonizaram um bate-boca no plenário da Corte ontem, com trocas de acusações. Incomodado com uma ironia de Gilmar sobre o Rio, Barroso reagiu e afirmou que o colega "não trabalha com a verdade", "muda de jurisprudência de acordo com o réu" e tem parceria com "a leniência em relação à criminalidade do colarinho branco". Gilmar acusou Barroso de ter advogado para "bandidos internacionais". O julgamento analisava uma emenda à Constituição do Ceará que extinguiu o Tribunal de Contas dos Municípios. A sessão foi encerrada pela presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, pouco após a discussão. A ministra Cármen Lúcia, tentou apaziguar os ânimos, mas poucos minutos depois Gilmar retrucou, dizendo que tem compromisso com os direitos fundamentais e, por isso, liderou mutirões carcerários que soltaram 22 mil presos quando foi presidente do Conselho Nacional de Justiça.


1 visualização