Buscar
  • agenciamade

Apoio de Carlos Eduardo a Bolsonaro pode causar sua expulsão


Integrantes do PDT nacional pedem ao Conselho Nacional de Ética da legenda o pedido de expulsão e de cassação de registro de candidatura de Carlos Eduardo (PDT) da legenda. O motivo é o apoio do pedetista potiguar ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

O colegiado tem poder consultivo. Segundo a nota, a decisão do ex-prefeito de Natal contraria a orientação da Executiva Nacional, que fechou as portas a qualquer diálogo com o capitão da reserva em todo o país e que declarou ‘apoio crítico’ ao presidenciável Fernando Haddad (PT).

“Não é apenas uma suposta nota. É o pedido de expulsão lançado na Comissão Nacional de Ética, enviado por mim e endossado por companheiros de grande valor no Diretório Nacional como Rafael Galvão e Júlio Rocha e quadros de várias partes do país. O pedido não apenas se atém ao Carlos Eduardo, mas envolve candidatos a governador como Odilon de Oliveira [do Mato Grosso do Sul] e Amazonino Mendes [de Amazonas] que declararam o apoio público a Jair Bolsonaro (PSL), contrariando as deliberações oficiais da Executiva Nacional do PDT em 10 out 2018″, afirmou o presidente do Conselho Nacional de Ética do PDT, Wendel Pinheiro, do Rio Grande do Sul, em contato com o Blog Saulo Vale, na manhã desta terça-feira (16).


2 visualizações