Please reload

Posts Recentes

Lula é solto e fala a apoiadores: “Vocês eram o alimento da democracia que eu precisava para resistir”

November 9, 2019

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

REFORMA DA PREVIDÊNCIA SEGUE PARA O SENADO FEDERAL COM POUCAS ALTERAÇÕES

August 8, 2019

 

 

APÓS APROVAÇÃO EM SEGUNDO TURNO NA CÂMARA DOS DEPUTADOS, E TODOS OS DESTAQUES VOTADOS EM PLENÁRIO, O TEXTO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA SEGUE PARA O SENADO FEDERAL COM POUCAS ALTERAÇÕES. DESTAQUES QUE PEDIAM MUDANÇAS EM PONTOS COMO PENSÃO POR MORTE, BPC, O BENEFÍCIO DE PRESTAÇÃO CONTINUADA, E O ABONO SALARIAL FORAM DERRUBADOS PELA MAIORIA DOS PARLAMENTARES. // AGORA, COM O TEXTO DA REFORMA NAS MÃOS, O PRESIDENTE DO SENADO, DAVI ALCOLUMBRE, ESPERA RAPIDEZ NO TRAMITE DA CASA.  O SENADO FEDERAL TERÁ A MISSÃO DE MEXER EM PONTOS SENSÍVEIS DA REFORMA, COMO A INSERÇÃO DOS ESTADOS E MUNICÍPIOS.

ENTRE AS PRINCIPAIS ALTERAÇÕES NAS APOSENTADORIAS JÁ CONFIRMADAS NO TEXTO, ESTÁ A CRIAÇÃO DA IDADE MÍNIMA PARA APOSENTADORIA DE 62 ANOS PARA AS MULHERES E 65 PARA OS HOMENS.  O TEMPO MÍNIMO DE CONTRIBUIÇÃO SERÁ DE 15 ANOS PARA AS MULHERES E DE 20 ANOS PARA OS HOMENS. ALÉM DISSO, A REFORMA DA PREVIDÊNCIA MUDA A FORMA DE CÁLCULO PARA A CONCESSÃO DO BENEFÍCIO. HOJE O VALOR DA APOSENTARIA É BASEADO EM 80 POR CENTO DOS MAIORES SALÁRIOS DO TRABALHADOR. COM A REFORMA, ESTE CÁLCULO SERÁ EM CIMA DE 100 POR CENTO DE TODOS OS SALÁRIOS RECEBIDOS DURANTE OS ANOS DE CONTRIBUIÇÃO.   

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
<